rss aptur youtube aptur twitter aptur facebook art&tur
 
 
 
Keynote Speakers ›› Teresa Ricou
Teresa Ricou

Teresa Ricou

Artista sempre estreitamente ligada às artes circenses, Maria Teresa Madeira Ricou é detentora de um vasto curriculum artístico e profissional. 

Em 1981, criou o projeto Chapitô - a promoção da educação e da formação profissional através das artes e dos ofícios do espetáculo, com forte intervenção na integração social e comunitária - tal como Teresa Ricou, a sua mentora, o definiu. Na sequência de um acordo estabelecido com o Ministério da Justiça, é construído o espaço (antigas Mónicas / prisão de raparigas) onde o Chapitô desenvolve o seu projeto global, o programa do Chapitô passou então a incluir ações de animação e de formação de carácter pedagógico com o objetivo de integrar pelas artes crianças e jovens em situação de vulnerabilidade social, provenientes de institutos de reinserção social.

Fundadora, mentora e construtora do projecto Chapitô Colectividade Cultural e Recreativa de Santa Catarina, Teresa Ricou viu inúmeras vezes o seu trabalho reconhecido ao nível nacional e internacional, tendo-lhe sido atribuídos, enquanto presidente desta associação, o Prémio Phill Collins (Rei Balduíno) pela Fundação Cultural Amesterdão, o Prix de l’Initiative pela Fondation du Credit Cooperatif em 1989, a Solid Silver Rose Award pelo European Awards em 2005 e, mais recentemente, o Prémio Gulbenkian Beneficência em 2009.
 
Teresa Ricou viu, no ano de 2009, a sua biografia, da autoria de Paula Moura Pinheiro, pesquisa histórica de Maria João Brilhante e design gráfico de Henrique Cayatte, publicada numa edição de autor.



O PROJETO CHAPITÔ

Segundo Teresa Ricou, «o Chapitô é um projeto em que a Formação, a Criação, a Animação e a Intervenção promovem, dia a dia, cruzamentos múltiplos. Somos uma retaguarda cultural e uma vanguarda humanista. É da sua história (delicada, complexa, irreverente) incluir para formar; formar para profissionalizar; profissionalizar para activar a sociedade civil com as artes.
O Chapitô é uma casa suficientemente grande para nos receber a todos, ancorados na solidariedade da festa, e suficientemente pequena para abrigar cada um de nós. Uma casa do dom e da troca. O Chapitô é terreno de ousadia e contingência.»


 
Newsletter        
Subscreva a nossa Newsletter

Receba periódicamente as últimas novidades da
ICTR.


 
 
 
2012 © ICTR. Todos os direitos reservados
Design Netgócio
 
 
   
IPL Mais Centro QREN União Euroepia AIRO